45.00€

CRÓNICA DE ALMANÇOR SULTÃO DE MARROCOS (1578-1603)Chronique D'Al-MansourSultan du Maroc(1578-1603)De António de Saldanha 1997
[IICT]

CRÓNICA DE ALMANÇOR SULTÃO DE MARROCOS (1578-1603)Chronique D\'Al-MansourSultan du Maroc(1578-1603)De António de Saldanha 1997

Título: Crónica de Almançor, Sultão de Marrocos (1578-1603) de António de Saldanha Chronique D\'Al-Mansour, Sultan du Maroc(1578-1603) de António de Saldanha Autor: António Dias Farinha Ano de Publicação: 1997 Br., 773 p.,Formato: 20 x 28 Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT), Lisboa 1997 Obs.: Resumo: Este livro tem por base a edição de um códice que relata muitos dos acontecimentos ocorridos em Marrocos durante o reinado do famoso sultão Mulei Ahmede Almançor (1578-1603), que subiu ao trono após a batalha de Alcácer Quibir. A Crónica de Almançor é uma fonte histórica particularmente valiosa para o conhecimento da vida quotidiana em Marrocos, a organização e o funcionamento do sistema político, social e económico, as expedições ao Sudão e as negociações diplomáticas do Reino Xarifino com a Espanha, Turquia, Inglaterra e demais potências europeias. O seu autor, um jovem fidalgo, António de Saldanha, servia em Tânger no tempo em que o seu pai, Aires de Saldanha, era governador daquela cidade. Foi aprisionado durante um combate em território marroquino, no ano de 1592, e levado para Marraquexe, onde então se encontrava a corte do Xarife. Foi um destacado conjurado da Revolução de 1640 e o manuscrito foi coligido durante o período de preparação daquele movimento com claro objectivo político.

Comentários
Pesquisa Rápida
 Pesquisa Avançada
Partilhar Artigo
Partilhar por E-Mail
Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter
Notícias
osCommerce